sexta-feira, 27 de maio de 2011

A voice in the dark

Estou "in the dark" hoje... Muito a fim viajar na imaginação... Sair um pouco da realidade.
>>>Como eu queria ter vivido na época medieval!! :(  (E quem sabe eu não vivi né?)
 
 
 
 
 
 
Uma voz na escuridão - Blind Guardian
 
 
Um senso de negação
Venha testemunhar meu julgamento
O corvo virou um mentiroso
Eu vou viver, eu posso morrer
Falhei embora tenha tentado
Mas finalmente voei

Esse é o tolo
Quem põe fé em falsos salvadores
O inocente intende
Ele continua caindo

E além disso
Ele agora está consciente
"Venha abrir suas asas,
Acorde agora"
O inimigo ai dentro
Logo vai aparecer

Você está preso em minha mente
Pergunte pela chave
Não procure por Linhas finas
Não tem saída

Embora eu sinta sua presença
Tem um sinal para revelar
Então , depois de tudo
Tenho certeza q continuo caindo

Eles mandaram um sinal
Quando o inverno da morte chegar
Das ruínas me levantarei

Tema a voz na escuridão
Fique ciente agora
Acredite em asas negras e palavras sombrias
As Sombras voltaram
Tema a voz na escuridão
Fique ciente agora
As trevas se escondem e esperam
Mas elas logo voltarão

Isso jamais será o mesmo
E nada resta
Não consigo achar uma saída
Mas estou encarando isso
Oh, não haverá salvador !

Posso prever toda a dor
Eles dão arrepio
"Me amaldiçoe, Me odeie, Me bata, Me mata !"
Oh, eles já não descansarão!

"Paralisado e congelado
Liberte sua mente
Você está quebrado
Paralisado e congelado
Aprenda a andar
Não olhe pra trás"

Nos assombrados campos de mutilação
Você não encontrará alívio
É apenas um sonho
Queria poder dizer isso

A visão enfraquece
Não há santuário
O que vai subir
Certamente cai

Tema a voz na escuridão
Fique ciente agora
Acredite em asas negras e palavras sombrias
As Sombras voltaram
Tema a voz na escuridão
Fique ciente agora
As trevas se escondem e esperam
Mas elas logo voltarão

Em vão
Continuo eu sem entender
Então me diga de novo
Porque temo essas palavras ?
O que me mantém aqui ?

Eu ouço a voz
Ela vem de todo lugar
"Agora, procure uma saída
Porque você é a chave
Comece a entender"

Decrescendo das extremidades
Agora eu sei, não voarei novamente
Em meio da neblina, estou encarando o chão

Tema a voz na escuridão
Fique ciente agora
Acredite em asas negras e palavras sombrias
As Sombras voltaram
Tema a voz na escuridão
Fique ciente agora
As trevas se escondem e esperam
Mas elas logo voltarão

Nenhum comentário:

Postar um comentário